Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, junho 06, 2006

PATRIMÔNIO ABANDONADO III

Complexo Chafariz
Caos na Praça Universitária
Vereador pede interdição em área por causa de abandono e ação de vândalos


06/06/2006 porPablo Hernandez - Da editoria de Cidades - DIÁRIO DA MANHÃ

O Complexo do Chafariz, localizado na Praça Universitária, pode ser interditado. O vereador Anselmo Pereira prestou uma queixa ontem no 9º DP, no Setor Universitário, pedindo a ação da Polícia Civil na abóbada do coreto da praça. O parlamentar argumenta que o local está abandonado e é ponto de ação de vândalos e usuários de drogas. “Se você entrar lá fica enojado, tem latas de merla pelo chão, camisinhas usadas e fezes”, conta.

Após o apelo à polícia, Anselmo entrará com representação no Ministério Público (MP) pedindo a interdição do local até que seja reformado, a segurança seja reforçada e o coreto tenha nova função cultural. Ainda ontem à tarde, o delegado Washington da Conceição, titular do 9º DP, informou que policiais fariam uma checagem nas instalações do coreto para verificar a denúncia.

Morador do Setor Universitário, o vereador se diz indignado com a atual situação da praça. A intenção, segundo ele, é criar projetos que dêem uma nova função cultural para a área do chafariz. “Criar um café, com exposições de artes plásticas e música”, opina.

De acordo com o secretário municipal de Cultura, Kléber Adorno, o principal problema enfrentado na Praça Universitária é o da segurança. “O vereador foi ao local certo, na polícia”, disse. Segundo ele, há cerca de um ano, a Praça Universitária ganhou iluminação nova e os jardins foram reformulados. “Inclusive tivemos que aumentar a altura dos postes porque os vândalos quebravam para poderem traficar à vontade”, conta.

Adorno afirma que a Biblioteca Municipal Marietta Telles Machado, localizada na Praça Universitária, também no complexo do Chafariz, funciona até as 22 horas e que apresentações musicais no local não seriam possíveis antes deste horário. “Além disso, mesmo que tivéssemos eventos culturais lá, eles não durariam a noite toda”, lembra

Para o secretário, o principal problema enfrentado na área é a falta de policiamento noturno. Segundo ele, é preciso um aumento na ronda policial em toda a Praça Universitária. “Aumentaria inclusive a segurança de pessoas que transitam por lá e hoje têm medo”, diz.

Policiamento – Após tomar conhecimento das denúncias, o comandante do policiamento do Setor Universitário, major Wesley Siqueira Borges, informou que na madrugada de hoje policiais militares já fariam um trabalho de segurança diretamente no local da abóboda do compelxo do Chafariz. Segundo ele, atualmente, o trabalho intensivo no interior da praça era feito apenas até as 23 horas. “Mas é possível fazermos a ronda no interior também pela madrugada, e vamos fazê-la.”

Ele não concorda com as críticas de que a praça seja um local sem segurança. De acordo com o major, o trabalho de segurança na praça é dividido em três períodos: manhã, tarde e noite.

Pela manhã são duas viaturas, cada uma com dois policiais, quatro motocicletas e seis policiais fazendo a ronda. À tarde, quando, segundo as estatísticas da polícia, o número de ocorrências é maior, o número de policiamento também é alterado. São 22 policiais fazendo a segurança exclusiva na praça. “De acordo com nossas estatísticas, desde que colocamos mais policiais à tarde na praça o número de ocorrências diminuiu 18%, das 13 horas às 18 horas."

Fonte:
http://www.dm.com.br/impresso.php?id=140073&edicao=6787&cck=3

Caos? Ou abandono da cultura em Goiânia? Uma saga do PMDB.

O abandono da cultura em Goiânia já se tornou caso de polícia e deveria ser investigado mais de perto pelo Ministério Público também.

Afinal o Complexo Chafariz, uma invenção recente, nada mais é que a Sala de Exposição do Palácio da Cultura, subordinada ao Museu de Arte de Goiânia. E para gerir esse espaço, "alguém" recebe uma gratificação paga pela Prefeitura de Goiânia. Entretanto, desde o começo desta administração o espaço está abandonado e sem uso apropriado.

O Museu de Arte de Goiânia é dirigido formalmente pela senhora Claudia Regina Ribeiro Rocha, bibliotecária da Universidade Federal de Goiás, esposa do vereador e ex- secretário municipal Ruy Rocha e que na verdade nunca "assumiu" a direção do espaço, só recebe a gratificação paga pela Prefeitura Municipal de Goiânia.

E quem se passa por "diretor" de fato do MAG é um tipo, no estilo cavaleiro da triste figura, um lambedor. E apenas em Goiânia a falsidade ideológica deixou de ser crime - passar-se por quem não é. Esse sim um caso de polícia em todos os sentidos.

As gratificações que a Prefeitura de Goiânia paga a ambos, dinheiro mal empregado para atender apaniguados políticos, e que gira em um valor mensal de R$3.500,00(três mil e quinhentos) daria para manter o Palácio da Cultura funcionando como um espaço de 1º mundo.

E chega a ser curiosa a fala do maior responsável pelo caos na cultura em Goiânia, o secretário municipal de cultura, e seria muito bom que o mesmo prestasse contas de onde anda o dinheiro da cultura. E especialmente, nesse caso, apresentasse as contas dos recursos investidos na Praça Universitária, pois a revitalização que afirma, nada mais é que uma figura de linguagem.

E enquanto isso ... na calada...dinheiro público vai sendo investido no falecido Cine Ouro (leia-se família RORIZ), o Grande Hotel está as traças, a Estação Cultura recem inaugurada fechada, o Palácio da Cultura - espaço destinado as artes visuais - sucateado e o Museu de Arte de Goiânia abrigo de apaniguados políticos.

E aqui nem precisamos lembrar a fraude da 3ª Conferência Municipal de Cultura. O saque do FAC...

Mas tem Prefeito que é cego mesmo!

2 comentários:

Deolinda disse...

OI PESSOAL,
Não é só o Chafariz que está abandonado, é tudo Teatro
Inacabado, CET, Grande Hotel, perderam a estação. Hoje
conversei com gente da secretaria. Passado um mês ainda não
nomearam a comissão para avaliar os projetos. E o prazo é de
90 dias. Estão gastando o dinheiro todo com o Cine Ouro,
segundo esta pessoa.Há funcionários revoltados e pedindo
socorro.
Ana Lúcia

PS. Mensagem encaminhada via zumbi42@uol.com.br

Deolinda disse...

http://brasilalimpo.blogspot.com/2006/06/6-museus-vale-pena-ler-e-se-engajar.html