Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, maio 18, 2007

V Encontro do ICOM Brasil

Realização é do Demu/Iphan, do ICOM Brasil e do Fórum de Museus de Pernambuco

De 22 a 25 de maio, em Recife, o V Encontro do ICOM Brasil terá como tema Museus e Patrimônio Universal. A iniciativa é do Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Demu/Iphan), em parceria com o Conselho Internacional de Museus (ICOM) e o Fórum dos Museus de Pernambuco. As inscrições para o evento - que vai contar com conferências, debates e painel - podem ser feitas até o dia da abertura.

O V Encontro do ICOM Brasil visa a divulgação das missões, ações e iniciativas do Comitê Brasileiro do ICOM para os profissionais e entidades da área museológica do Norte e Nordeste. O objetivo é descentralizar sua atuação e ampliar a representatividade nas regiões, além de congregar profissionais de museus e áreas afins para troca de experiências e informações no âmbito das ações museológicas, numa reunião coordenada pelo ICOM Brasil e o Fórum dos Museus de Pernambuco. Dentro do mesmo encontro, o Demu/Iphan e o Fórum dos Museus de Pernambuco vão organizar a reunião preparatória para o IX Fórum Nordestino de Museologia.

E será realizada, ainda, uma sessão dos comitês do ICOM para a preparação dos documentos a serem apresentados na Conferência Geral do ICOM em Viena, prevista para agosto.Confira a programação.A ficha para inscrição está disponível no site www.forumdosmuseusdepernambuco.com.br.

O V Encontro do ICOM Brasil acontecerá no Auditório Benício Dias, do Museu do Homem do Nordeste, da Fundação Joaquim Nabuco.

Fonte:(Texto: Carolina Mazzaro)(Edição: Carol Lobo)(Comunicação Social/MinC)

Só para lembrar hoje é o dia internacional dos museus.

4 comentários:

Drews disse...

Amor entre as "Metades de uma Alma"



...Se o desejo de ser amado for mais forte
e você se prender a alguém com insistência,
ele se aborrecerá
e acabará se afastando de você.
O primeiro estágio do amor é a simpatia.
A simpatia aumenta e se torna apego,
e nesse estágio há sofrimentos e alegrias.
A alegria proveniente do amor-apego
vem sempre acompanhada de angústias e sofrimentos.
A alegria absoluta, que não vem acompanhada
de sofrimentos nem de angústias,
só será obtida quando o seu amor evoluir mais.
Só será obtida quando você abandonar o apego
e deixar o outro totalmente livre.
Quando você soltar o outro,
ele voltará a você espontaneamente,
com amor sincero,
porque ele, originalmente,
é a outra metade da sua alma.

Drews disse...

A Canoa
Em um largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiro que atravessava as pessoas de um lado para outro.

Em uma das viagens, iam um advogado e uma professora.

Como quem gosta de falar muito, o advogado pergunta ao barqueiro:

Companheiro, você entende de leis?

Não – Responde o barqueiro.

E o advogado compadecido:

É pena, você perdeu metade da vida!

A professora muito social entra na conversa:

Seu barqueiro sabe ler e escrever?

Também não – Responde o remador.

Que pena! – Condoi-se a mestra!

– Você perdeu metade da vida!

Nisso chega uma onda bastante forte e vira o barco.

O canoeiro preocupado, pergunta:

Vocês sabem nadar?

Não! – Respondem eles rapidamente.

Então é uma pena – Concluiu o barqueiro

– Vocês perderam toda a sua vida!”


"Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes Pense nisso e valorize todas as pessoas com as quais tenha contato.
Cada uma delas tem algo diferente para nos ensinar

Drews disse...

"As nuvens mudam sempre de posição, mas são sempre nuvens no céu. Assim devemos ser todo dia, mutantes, porém, leais com o que pensamos e sonhamos; lembre-se, tudo se desmancha no ar, menos os pensamentos."

Drews disse...

O PODER DO ENTUSIASMO

Entusiamo é acreditar na nossa capacidade de fazer as coisas acontecerem, de darem certo, de transformar a natureza e as pessoas.
Não esperem ter as condições ideais para se entusiasmarem. Nós é que temos que transformar a nossa vida, numa vida entusiástica.
Não é a realidade da vida que tem que nos entusiasmar, nós é que temos que entusiasmar a realidade de nossa vida!
Nós é que temos que entusiasmar nossas idéias. Uma idéia sem entusiasmo é uma idéia morta!