Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, dezembro 28, 2006

BOAS NOVAS !

2007 ao que tudo indica será um grande ano para os gostam da temática da preservação do Patrimônio Cultural.

O IPHAN através da 14ª Superintendência Regional e em parceria com a 13ª SR preparam um inventário da cultura material e imaterial do caipira em Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais. O jornal O POPULAR publicou uma matéria completa sobre o assunto que também pode ser lida no site do GOIASNET.

"Patrimônio caipira mapeado

por Malu Longo

Goiânia, 28/12/06 - As fazendas com traços coloniais, as quitandas, a carne de lata, o pouso de folia, as orações e devoções aos santos. Esses são apenas alguns dos elementos que integram o patrimônio material e imaterial da cultura caipira em Goiás que, a partir de 2007, farão parte de um inventário preparado pela 14ª Superintendência Regional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A ação, meta central do órgão para o próximo ano, vai atingir ainda Mato Grosso e Minas Gerais, numa parceria com a 13ª Superintendência.
Continua ..."

E a 14ª SR do IPHAN promete ainda que em 2007 o patrimônio art déco do Estado de Goiás será mapeado, dando continuidade a proposta que em 2003 tombou como patrimônio histórico e arquitetônico nacional o art déco e o traçado urbano do centro da cidade de Goiânia.

A superintendente da 14ª SR informa que o Governo Federal irá liberar verbas em 2007 para o restauro de parte do patrimônio tombado em Goiânia.

A matéria completa pode ser lida no site do jornal O POPULAR, infelizmente apenas para assinantes.

Em todo caso, o povo de Porangatu avisa que a Av. Floriano Peixoto no trecho entre a igreja da matriz de Nossa Senhora da Piedade e a praça Velha possui excelentes exemplares do art déco. E ainda que no novo plano diretor da cidade, o perímetro de tombamento da cidade Velha será ampliando para proteger também, além do colonial, o estilo art déco.

Para quem não sabe, Porangatu é uma cidade com quase 45 mil habitantes, um estilo de vida de boa qualidade e um povo que considera cultura como meio de vida. E é lá que acontece um dos melhores festivais de teatro do Estado de Goiás, o TENPO.

É claro que a cidade seria mais feliz e hospitaleira se entre ela e o mundo não houvesse a BR- 153 que em determinados trechos representa um grande perigo, tal o estado de degradação.

Parabéns ao IPHAN pela iniciativa!

Nenhum comentário: