Ocorreu um erro neste gadget

sábado, julho 26, 2008

O POPULAR: REPRESENTAÇÃO CONTRA SECRETÁRIO

Quem ainda não entendeu, abaixo o artigo do jornal O POPULAR. O único ponto curioso disso tudo é que na SEFUR, no SMT, no Cidadão 2000, houve uma ação rápida tanto da auditoria municipal, quando da delegacia de crimes contra o patrimônio público.

Na cultura, todas as denúncias encaminhadas a auditoria estão paradas no gabinete do Auditor, na Procuradoria foram arquivadas sem qualquer apuração dos fatos e no MP-GO cairam nas mão de um promotor engavetador. Por que será?

Ação de Deus? Da maçonaria? Dos irmãos? Akuma??????

Cultura boa é a de pasto!

Lembram? Oh, Gloria!!!!!


Goiânia, 23 de julho de 2008.

CULTURA
Representação contra secretário

A Associação Goiana de Cinema e Vídeo (AGCV) e a Federação de Teatro de Goiás (Feteg) ingressaram com uma representação contra o secretário municipal de Cultura, Doracino Naves dos Santos, por supostas irregularidades na Comissão de Projetos Culturais (CPC).

A representação está sob os cuidados do delegado Reinaldo Almeida, em recesso até segunda-feira, conforme a assessoria da delegacia.

Em reportagem publicada no dia 19 de maio, O POPULAR mostrou que o secretário se beneficiou de projetos apoiados pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura, aprovados na Comissão de Projetos Culturais, que ele presidia na época. Para concluir o curso de jornalismo que fez na UCG, Doracino participou de um documentário bancado pela lei, no valor de R$ 21 mil. Outros dois projetos, no valor de R$ 33 mil, tinham o secretário como beneficiário. Eles destinavam-se ao patrocínio de um programa da TV da igreja Ministério Comunidade Cristã, cujo apresentador era o próprio secretário.

O Conselho Superior do Ministério Público também determinou uma diligência para apuração dessas supostas irregularidades no CPC.

FONTE: Caderno MAGAZINE, jornal O POPULAR, coluna VARIEDADES

Nenhum comentário: