Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, outubro 15, 2009

CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA 2

A SECULT liberou a lista "tríplice" para o Conselho Municipal de Cultura. O Conselho é composto de 14 membros e mais o presidente, sendo que 07 são representantes da sociedade civil e o presidente, é o titular da pasta.

A lista tríplice serve, de acordo com o texto da reportagem para que o prefeito escolha os 07 representantes da sociedade civil. É evidente que o prefeito não irá escolher nome nenhum, e já receberá os nomes, escolhidos a dedo, tanto dos representantes da sociedade civil quanto daqueles que representarão o poder público.

Poderia então alguém explicar a composição da lista tríplice? O nome mais votado, segundo a reportagem é de Marley Costa Leite, jornalista e cargo comissionado da própria SECULT, e dá o que pensar, quem será votou para que viesse a representar o setor de cinema e vídeo? Com certeza não foi nenhuma entidade ligada ao setor. O segundo mais votado é o Brasigois Felício, velho conhecido da Prefeitura, servidor que deve estar à beira da aposentadoria, ou da fantasmagoria?

No texto da reportagem, marcados em vermelho, só para facilitar a compreensão, todos os nomes daqueles que JÁ POSSUEM vínculos empregatícios com a Prefeitura de Goiânia, e certamente não deveriam constar da lista, representando a sociedade civil, e se por acaso, esquecer alguém, avisem!

Não sei quem foi que disse que "mudar tudo é fazer com que tudo fique como estava antes."



DIVULGADA LISTA TRÍPLICE PARA O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA
14/10/2009 - 18:16h


Nesta quarta-feira, 14, diversas entidades culturais de Goiânia se reuniram na sede da Secretaria Municipal de Cultura para indicar 21 nomes que compõem a Lista Tríplice para o Conselho Municipal de Cultura de Goiânia. O Prefeito Iris Rezende escolherá 7 nomes desta lista para participarem do Conselho com mandato que iniciará a partir de 2010. A votação encerrou a 7a Conferência Municipal de Cultura.

Entre os candidatos estavam artistas, músicos, poetas, atores, jornalistas e produtores. Ao todo, participaram do processo 23 instituições culturais cadastradas pela Secult e cada uma pôde indicar até sete nomes, um para cada câmara.

O nome mais votado foi da jornalista Marley Costa Leite, para o setor de Cinema, Áudio e Vídeo que obteve 11 votos. Em seguida, com nove votos, foram indicados o jornalista Brasigóis Felício, para a câmara de Literatura/Biblioteca, o músico Márcio Mário da Paixão Júnior, para Música e o escritor Miguel Jorge, para Artes Cênicas.

Foram eleitos para a Lista Tríplice:

Artes Plásticas/Visuais: Maria Filomena G. Gouveia, Angelos Ktenas e Nelson Santos. Literatura/Biblioteca: Brasigóis Felício Carneiro, Albertina Vicentini e José Ubirajara Galli Vieira.
Humanidade /Abrangência Cultural: Valdir Mendonça Alves, Heloisa Selma Fernandes Capel e Décio Coutinho.
Música: Márcio Mário da Paixão Júnior, Bel Maia e Glacy Antunes.
Artes Cênicas: Miguel Jorge, Constantino Isidoro Filho e Marley de Freitas.
Cinema, Áudio e Vídeo: Marley Regina Costa Leite, Amarildo Pessoa e Miguel Jorge.
3º Setor de Ação Ampla e Instituições Culturais: Reginaldo Aires da Silva, Leio Pereira e Aidenor Aires.

Entidades
As 23 entidades certificadas que indicaram os nomes foram: Cia Teatral sem Nome, Grupo de Teatro Arte e Fogo, Associação Cultural Lua Ala, Associação Filantrópica Semente da Vida, Uni-Ampex – Uni-Anhanguera Negócios Pesquisa de Extensão, Sociedade Goiana de Cultura, Associação da Luz, Liga dos Amigos do Jardim Guanabara –Casa de Cultura Oficina3, Ação Brasil Central, Circo Laheto, Anthropos Companhia de Arte, Associação Brasileira de Festivais Independentes, Associação Casa Cultura Antônia Ferreira de Souza, Teatro Exercício Produções Artísticas, Centro Cultural Eldorado dos Carajás, Federação de Teatro de Goiás –FETEG, Crimeia Residência Comunitária, União Brasileira doe Escritores – Seção Goiás, Instituto Cultural Mendonça Teles, Academia Goiana de Letras, Academia Feminina de Letras e Artes de Goiás, AFLAG, Instituto Histórico e Geográfico de Goiás, e Comitê de Democratização da Informática de Goiás – CDI GO.

Reportagem: Nádia Timm
Fonte: http://www.goiania.go.gov.br/sistemas/snger/asp/snger01010r1.asp?varDt_Noticia=14/10/2009&varHr_Noticia=18:16

Nenhum comentário: